Notícias

Voltar para Notícias Eventos | 23/01/2017 17:38:05

 

​​​​​"SAMbach" une música clássica e MPB em gravação realizada na Estação Júlio Prestes

 

A Estação Júlio Prestes, na Linha 8-Diamante, foi palco da gravação do clipe da banda SAMBach, que une o melhor da música clássica com o samba, abusando de pitadas generosas de ritmos como o pop, o rock e até trilhas sonoras de filmes. O nome junta a palavra “samba” e o sobrenome do compositor alemão Johann Sebastian Bach.

A receita de misturar a música instrumental clássica com ingredientes da música brasileira, surgiu da parceria do produtor musical, arranjador e multi-instrumentista Osny Melo com o mestre em música e violoncelista Rafael Cesário. A ideia era criar uma forma de apresentação compacta e com uma base preliminar de 4 músicas.
Em 2016, a dupla produziu diversas músicas, ao lado dos bateristas/percussionistas Everton Nascimento e Adeir Rodrigues que foram os músicos que gravaram o clipe da canção “Divertissement”, do compositor francês Saint-Preaux, na Estação Júlio Prestes.

O clipe, dirigido por Silô Moreno com arranjos e produção musical de Osny Melo, foi gravado em dezembro e em breve terá o formato de DVD. O grupo já tem outras faixas engatilhadas, que incluem temas de David Bowie, Frank Sinatra, Oasis e até do filme “O Hobbit”. Os planos é iniciar em março uma turnê pelo país.

Considerada um dos principais cartões-postais e patrimônio histórico da cidade, a Estação Júlio Prestes ganhou o nome em homenagem ao presidente da Província do Estado de São Paulo e presidente do Brasil, Júlio de Albuquerque Prestes. A estação nasceu como a antiga Estrada de Ferro Sorocabana, em 1925, e levou 13 anos para ser construída. Seus arquitetos buscaram inspiração na estações nova-iorquinas Gran Central Station e Pennsylvania Station. 

Confira o clipe:

Tags