Notícias

Voltar para Notícias Comunicação e Marketing | 21/07/2015 17:27:58

 

​​CPTM recebe homenagem da Abrinq por 15 anos de parceria

 Quinze anos de parceria nas ações em defesa dos direitos da criança e do adolescente

A Fundação Abrinq – Fundação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos homenageou a CPTM pelos quinze anos de parceria nas ações em defesa dos direitos da criança e do adolescente. 
 
Em visita à Companhia, nesta terça-feira, 21, a coordenadora do programa Empresa Amiga da Criança, Lilyan Reis Amorim, entregou ao presidente Paulo de Magalhães uma placa de reconhecimento. 
 
“As ações sociais que a empresa desenvolve em prol das crianças e adolescentes são muito importantes e queremos manter e estreitar essa parceria”, afirmou Lilyan ao entregar a placa ao presidente, aos diretores Milton Frasson e Vitor Wilson Garcia, e à coordenadora de Marketing, Maria Salete Zadoná.
 
As Empresas Amigas da Criança se comprometem a não explorar o trabalho infantil e não permitir a prática em sua cadeia produtiva, além de promover a formação profissional e o acesso ao emprego protegido para adolescentes e realizar ações sociais em benefício de crianças e adolescentes.
 
Admirador das ações da Abrinq, o presidente Paulo de Magalhães disse que a Companhia está estudando novos projetos sociais, visando o desenvolvimento de crianças e adolescentes, por meio de um programa de trabalho voluntário.
 
Desde a sua criação, a CPTM realiza ações visando o desenvolvimento e promoção do conhecimento de filhos de empregados e crianças e adolescentes das comunidades vizinhas. 
 
Há quinze anos se tornou parceira da Abrinq, que incentiva a prática nas empresas privadas e públicas. Entre as ações promovidas pela Companhia, estão as atividades no Espaço Socioambiental da Linha 13-Jade, o programa de primeiro emprego Jovem Cidadão e a parceria com a escola Senai.
 
O Centro de Formação Profissional Engº James C. Stewart é a única escola no Brasil a preparar jovens para o mercado metroferroviário. Em ambiente pedagógico específico, a instituição forma, em média, cerca de 60 jovens por ano. Após a conclusão do curso e respectivo registro no CREA, os técnicos são absorvidos pela CPTM ou por empresas do mesmo segmento. 
 
Mantida pela CPTM, em convênio técnico com o SENAI, a escola foi criada em 25 de janeiro de 1951. Desde então, já formou mais de 10 mil alunos nos cursos de aprendizagem industrial e 351 nos cursos técnicos.
A Companhia participa do Programa Jovem Cidadão desde janeiro de 2004. Hoje é a empresa do governo do Estado com o maior número de jovens inscritos. Já passaram pela CPTM cerca de cinco mil aprendizes. Mensalmente, são oferecidas entre 60 e 80 vagas por meio do programa.
Além disso, a CPTM promove ações socioculturais que sensibilizam crianças e adolescentes, como os projetos Música na CPTM e Livro Livre CPTM. O objetivo do primeiro projeto é estreitar a relação da empresa com seus usuários e oferecer oportunidades para a produção cultural e a formação de plateia. Já o Livro Livre CPTM, que está na 9ª edição, trata-se de uma iniciativa de incentivo à leitura, a qual estimula o bookcrossing - ato de deixar o livro em locais públicos, como uma estação ou banco de trem, para que outro leitor o encontre e, após a leitura, faça-o circular, ampliando o acesso ao conhecimento. 
Em 2014, 15 mil livros foram distribuídos. A Editora Globo, por exemplo, doou livros infantis.  Além disso, houve a apresentação da peça de teatro "O incrível mundo colorido", do "Turma da Lancheira", destinada a crianças e jovens, a qual abordou a importância de uma alimentação saudável de forma divertida.

Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +