Notícias

Voltar para Notícias Prestação de Serviços | 01/06/2016 12:42:25

 

​Equipe da Estação Caieiras ajuda médica desaparecida a reencontrar família

 

Todos os dias os funcionários de estações da CPTM dão informações aos usuários, auxiliam na locomoção de pessoas com mobilidade reduzida e os ajudam a encontrar objetos perdidos ou até reencontrar familiares. Esse atendimento de excelência também se fez presente na Estação Caieiras, na Linha 7-Rubi, na última sexta-feira (27/05).  A equipe da estação ajudou a médica capixaba Eliza Cremasco, de 66 anos, a reencontrar os parentes. Ela estava desaparecida há três dias após se perder de uma amiga no aeroporto internacional de Guarulhos.

A médica foi identificada por uma usuária da CPTM, que a encaminhou para a funcionária Sônia Oliveira. A agente de estação conta que Eliza estava com medo e cansada. “Ela perguntou: ‘Você vai me ajudar mesmo?’ Eu falei que sim. Ela respondeu: ‘mas a minha família é do Espírito Santo. Você não vai conseguir falar com eles!’. Então, eu disse: ‘eu ia conseguir falar com eles até se morassem no Japão'." 

Eliza foi então encaminhada para a sala de operação, apresentou o documento confirmando a identidade e passou o telefone da sobrinha. “Eu liguei para informar onde ela se encontrava e dei as referências da empresa já que a família não é do estado. Depois passei o telefone para Eliza. As duas ficaram mais tranquilas após conversarem”, revela Sônia.

Por quase duas horas, Elisa ficou na estação esperando os familiares. A agente de estação Sílvia Costa e o encarregado de Caieiras, Luiz Ramos, ajudaram Sônia a tranquilizar a médica e ofereceram comida já que ela estava há dois dias sem se alimentar. Eliza tomou café, água e comeu sanduíche e bolachas. A agente operacional de segurança, Silvana Martins Nogueira, também ficou o tempo todo ao lado dela. 

A família agradeceu muito o atendimento da equipe da CPTM. "Nós ficamos muito contentes quando podemos ajudar e ainda mais quando a história tem um final feliz”, ressalta Sônia. Os agentes de estação são treinados para dar todo o apoio de estação. Sônia conta, por exemplo, que dias depois de terem ajudado a médica, foi recuperada a bolsa de uma outra usuária que a havia abandonado durante um mal súbito. “Equipe que trabalha unida consegue os melhores resultados."
Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +