Notícias

Voltar para Notícias Comunicação e Marketing | 12/01/2017 11:02:53

 

​​​​​​​​​​​Expresso Turístico da CPTM bate a marca de 14 mil turistas em 2016​

 Viagem para Paranapiacaba foi a mais procurada, com cerca de 8 mil passageiros transportados

Expresso Turístico-Divulgação CPTM.jpg

Uma boa opção para curtir as férias  em São Paulo é embarcar em uma composição antiga, da década de 1960, e fazer uma verdadeira viagem no tempo. O Expresso Turístico da CPTM oferece três roteiros: Paranapiacaba, Jundiaí e Mogi das Cruzes. Em 2016, foram realizadas 102 viagens para as três cidades, totalizando 14.334 turistas atendidos.​

O destino mais procurado é Paranapiacaba, a vila de arquitetura inglesa que testemunhou a importante fase de expansão das ferrovias no Brasil. No último ano, 8.644 pessoas visitaram o local nas 51 viagens do Expresso, que são realizadas aos domingos. O trem parte da Estação da Luz e faz uma pausa para embarque na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André.
 
A cidade de Jundiaí garante aos interessados as belezas naturais da Mata Atlântica. Em 2016, as 39 viagens realizadas transportaram 4.754 turistas que curtiram a região de herança italiana, localizada a 60 quilômetros da capital paulista, e que reserva atrações como o Museu Ferroviário da Cia. Paulista de Estradas de Ferro, a Serra do Japi e as fazendas e vinícolas da região. O passeio ocorre em três sábados de cada mês.

Já Mogi das Cruzes atrai os adeptos das pedaladas. Localizada a 48 quilômetros da capital, a cidade tem opções de trilhas tanto para iniciantes quanto para ciclistas profissionais. Mogi também é conhecida como centro produtor de flores, com destaque para as orquídeas, herança da forte presença japonesa na região durante a primeira metade do século 20. O Expresso Turístico para Mogi parte no segundo sábado de cada mês e levou 936 passageiros nas 12 viagens feitas no ano passado.
 
Histórico
 
Em sete anos de operação, 114.351 turistas já embarcaram no Expresso Turístico da CPTM, que foi criado em 2009 por uma iniciativa da STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos). Os passeios são feitos a bordo de uma locomotiva com dois carros fabricados no Brasil na década de 1960, cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF).
 
Desde a inauguração foram realizadas 753 viagens aos finais de semana, proporcionando o resgate da memória regional de cada destino e da história ferroviária durante os trajetos, que têm duração aproximada de 1h30.
 
O preço unitário da passagem para qualquer um dos três roteiros é de R$ 45 (ida e volta), exceto para embarque na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André, com destino a Paranapiacaba, que sai por R$ 40. O bilhete é vendido das 9h às 18h, todos os dias, nas bilheterias das estações da Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André. Lembrando que os descontos podem chegar até 50% na compra de quatro passagens.
 
Cabe ressaltar que o bilhete da CPTM contempla somente a viagem de trem até um dos destinos escolhidos. Roteiros complementares, que são de responsabilidade dos operadores de turismo regionais, devem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo.

Os interessados podem obter mais informações e monitorar as vagas e abertura de novas datas pelo site, clicando aqui​.​

Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +