Notícias

Voltar para Notícias Eventos | 13/12/2016 17:51:09

 

​Músicas nordestinas animam usuários na Estação Grajaú 

 A partir das 16h30, o projeto Espalha Brasa reúne o Trio Raça do Pajeú e Aluízio Cruz

Nesta quarta-feira, dia 14, o projeto Espalha Brasa vai esquentar o final da tarde dos usuários que passarem pela Estação Grajaú, na Linha 9-Esmeralda da CPTM. A partir das 16h30, os músicos do Trio Raça do Pajeú e Aluízio Cruz interpretarão uma grande miscelânea de ritmos da rica cultura nordestina. 

Nas estações da CPTM, os passageiros   têm a oportunidade de conhecer e apreciar vários ritmos nordestinos, através do projeto Espalha Brasa, que nos últimos anos vem realizando intervenções musicais com os nomes mais importantes do forró tradicional. Na capital paulista, cerca de 40% dos moradores são provenientes do Nordeste.
     
O projeto “Espalha Brasa”

Idealizado por Zé Geraldo, produtor cultural, pesquisador e radialista, o projeto foi criado com o objetivo de resgatar, preservar e divulgar o forró tradicional por meio de shows gratuitos, debate, programas de rádio e da “Forroteca Espalha Brasa”, projeto de estímulo à leitura em bibliotecas que mescla forró com literatura.

A origem do nome forró tem várias versões, porém a mais aceita pelos pesquisadores é que ela deriva da abreviação de forrobodó, que significa arrasta-pé, confusão ou farra.
O contagiante forró é sinônimo de tradição nordestina e engloba a quadrilha, o xote, o baião, dentre outras variantes.  

O baião é muito popular no norte e nordeste e tornou-se nacionalmente conhecido através de Luiz Gonzaga, conhecido como o “rei do baião”.  A temática do baião é o cotidiano dos nordestinos e as dificuldades da vida. Baião era conhecido como baiano.  Seus primórdios aparecem através do Lundu que misturava a dança tradicional brasileira unida com o batuque dos escravos bantos com ritmos portugueses

O xaxado, ritmo que tem suas origens no sertão nordestino, remonta à marcante época do cangaço. Nascido no recôncavo baiano, o samba de roda é resultado da mistura entre diferentes ritmos africanos.  Já o frevo é um ritmo típico de Pernambuco e tornou-se popular no país por ser uma das estrelas do carnaval de Recife.

Serviço:
Projeto “Espalha Brasa” 
Atrações: Trio Raça do Pajeú e Aluízio Cruz 
Local: Estação Grajaú, Linha 9-Esmeralda
Data: Quarta-feira, dia 14, às 16h30
Tags