Notícias

Voltar para Notícias Comunicação e Marketing | 03/07/2018 14:49:20

 

​​​Painel homenageia o poeta Haroldo de Campos na Estação Vila Olímpia

 Obra é resultado do trabalho fotográfico de Bruno Giovannetti

site intra dentro.jpg

A Estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda, ganhará um painel em homenagem ao poeta Haroldo de Campos. Com 8,40m X 1,40m de extensão, o mural reúne versos do artista e imagens clicadas pelo fotógrafo Bruno Giovannetti. 

Feito em azulejos, a obra conta com diversas imagens e versos do poeta, para que os espectadores identifiquem qual trecho está relacionado às fotografias, despertando a interação com o usuário.  

A obra já foi exposta na Itália, na Antica Libreria Croce e na Universidade de Florença. No Brasil, depois do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo e da Casa das Rosas, o painel ganha agora um espaço definitivo na área externa, próxima ao bicicletário da estação.  

A ideia do projeto surgiu quando Haroldo de Campos, precursor da Poesia Concreta, viu as fotografias de Bruno e, espontaneamente, enviou para ele os versos, que ganharam vida neste painel.

Esse mural foi realizada com o apoio da CPTM, que abre espaços em suas estações para a realização de atividades ligadas a promoção da saúde e bem-estar dos usuários, incentivo à leitura, mostras artísticas, exposições, apresentações e manifestações culturais de artistas e instituições parceiras.  

Sobre o fotógrafo 

O brasileiro Bruno Giovannetti propõe através da fotografia dar um novo olhar sobre o cotidiano. Fotógrafo desde os 18 anos, morou na Itália, onde se formou em Jornalismo pela Universidade de Pisa e em Sociologia e Ciências Políticas pela Universidade de Urbino Carlo Bo. 

No Brasil, fez mestrado em Letras pela USP (Universidade de São Paulo) e doutorado em Arquitetura pela FAU-USP (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo). Atualmente cursa seu pós-doutorado em História na Universidade de São Paulo, onde aborda sobre os cemitérios históricos da metrópole. 

Haroldo de Campos

O paulistano Haroldo Eurico Browne de Campos nasceu em 19 de agosto de 1929, e se formou em Direito pela Universidade de São Paulo. Na década de 50, ao lado de seu irmão Augusto de Campos e Décio Pignatari, Haroldo iniciou o movimento concretista, criando uma nova perspectiva para a arte poética. 

O concretismo rompeu com o verso tradicional e sua forma convencional de disposição e rima, propondo uma arte poética que ocupasse a página de um modo diferente. O trio fundou o grupo e a revista de vanguarda “Noigandres” (palavra retirada de um poema de Ezra Pound, que nada significa), colocando em prática seu experimentalismo poético, ao publicar seus primeiros trabalhos.
Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +