Notícias

Voltar para Notícias Eventos | 05/11/2015 16:15:54

 

​"Sarau até quarta..." celebra 1º aniversário na Estação Tatuapé

 Edição de novembro homenageia o escritor Eça de Queiroz

​A CPTM comemora neste mês, o primeiro ano do projeto “Sarau Até Quarta...”  A celebração será na próxima quarta-feira (11/11), a partir das 19h, na Estação Tatuapé. Para participar, basta se inscrever na hora. Vale declamar poesia, fazer leitura de crônicas ou trechos de livros. Também há espaço para interpretações de canções, autoral ou não.

A edição de aniversário fará uma homenagem póstuma ao autor português Eça de Queiroz. O escritor independente Pedro J. Cardoso é o convidado da noite. A música ficará por conta de D’arc Maia, compositor e poeta natural do Ceará. Seu repertório baseado principalmente na MPB traz influências de todo o Brasil.

Os homenageados

Eça de Queiroz (1845-1900) assina clássicos como “O Primo Basílio”, “Os Maias” e “O Crime do Padre Amaro”, este último considerado por muitos o melhor romance realista portugues do século XIX.  José Maria de Eça de Queiroz nasceu em 25 de novembro, na cidade de Póvoa de Varzim, norte de Portugal. Era filho do magistrado José Maria Teixeira de Queiroz, natural  do Rio de Janeiro, e de Carolina Augusta Pereira d'Eça, nascida em Monção, região norte de Portugal.  

Representante da nova geração de escritores independentes, Pedro J. Cardoso marca presença com seu livro “Contos da Realidade”, que traz histórias da sua vida intercaladas com poemas.

A cada edição, o projeto homenageia um grande escritor nascido no mês, além de trazer como convidado, um nome independente da nova geração literária. Neste ano, já foram lembrados os escritores brasileiros Machado de Assis e João Guimarães Rosa, nascidos em junho. Em julho, foi a vez do poeta gaúcho Mario Quintana. Em agosto, o escritor baiano Jorge Amado e, em setembro, o autor Luís Fernando Veríssimo. Em outubro a viagem poética percorreu as obras do escritor Álvares de Azevedo.

Sarau “Até Quarta...”

Realizada mensalmente desde novembro de 2014, a ação é fruto da parceria entre a CPTM e os escritores Sidney Leal, autor dos livros "Sussurros da Noite" e "Minhas Histórias de Mistério, Terror e Morte", e Andréia Gonçalves Garcia, autora do blog "A Viajante do Trem", no qual narra sua experiência como usuária da Linha 11-Coral.

O “Sarau “Até Quarta...” surgiu a partir da grande interação dos usuários com os artistas da 9ª edição do Livro Livre, projeto de incentivo à leitura que completa 10 anos neste mês. “O sarau é um projeto democrático”, como define a escritora Andréia Gonçalves Garcia, que também coordena o evento: “qualquer um pode participar. É uma oportunidade de se expressar em um microfone aberto, intensificando a troca de experiências com o público”.

Incentivo à cultura: com o objetivo de ocupar os espaços públicos ampliando o acesso dos usuários às manifestações artísticas, a CPTM promove projetos de fomento à arte e à leitura, com atividades que visam despertar as pessoas para o prazer de ler, grafitar e ouvir música, entre outros.

Serviço

“Sarau Até Quarta...”
Local: Estação Tatuapé, linhas 11-Coral e 12-Safira
Data: 11/11, quarta-feira
Horário: das 19h às 21h

Tags