Notícias

Voltar para Notícias Prestação de Serviços | 23/09/2016 09:20:45

 

​​​​Mais dois trens novos entram em operação na Linha 7-Rubi​

 

L7-Trem-Matéria-785.jpg

No dia 22 de setembro, data em que se comemora o Dia Mundial sem Carro, mais dois novos trens foram entregues para a frota da Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato) da CPTM. Agora, a linha já está operando com três novas composições do total de 19 que irá receber no final do processo de padronização da frota. A linha é a maior da CPTM, com 60,5 quilômetros de extensão, e transporta no trecho principal, entre Luz e Francisco Morato, em média 400 mil usuários por dia útil. Somada à extensão entre Francisco Morato e Jundiaí, a Linha 7-Rubi alcança a marca de 430 mil passageiros transportados.

Com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), o trem possui monitoramento com câmeras na parte externa e interna e é acessível para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (conta com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio e espaço para cadeirantes). Possui também monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria. 

Do lote de 65 trens encomendados, dois já fazem parte da frota do serviço Expresso Leste, na Linha 11-Coral, e um da Linha 7-Rubi. As demais unidades serão entregues nos próximos meses e entrarão em operação após a realização de testes. Eles serão incorporados para a renovação da frota de acordo com a necessidade operacional de cada linha. 

Testes e treinamento

Ao receber do fabricante um novo trem, a CPTM realiza inúmeros testes antes que ele entre em operação, garantindo a segurança dos passageiros. 

São testados todos os sistemas elétricos, mecânicos e de sinalização ferroviária em oficinas e em vias operacionais. Dependendo das necessidades de ajustes que surgirem e do tempo de solução por parte do fabricante, os testes podem ser prolongados. 

Os novos trens fazem testes sem usuários durante o dia, sem parada nas estações e, na madrugada, com simulações de embarque e desembarque. E os maquinistas que irão operar essas novas unidades também passam por treinamento em um simulador de condução de trem.

Simulador de trens 

A CPTM conta com quatro simuladores de trens, instalados nas unidades de treinamento da Lapa, Brás, Presidente Altino e Luz. O primeiro foi adquirido em 2011 e, desde então, a empresa treina os maquinistas no simulador antes de iniciar o treinamento em campo, com os trens. 

Similares a equipamentos utilizados em setores como aviação e automobilismo, os novos simuladores possuem, cada um, duas cabines equipadas com toda a aparelhagem disponível em um trem real e uma tela que projeta a imagem da linha. O dispositivo está programado para reproduzir as características dos trens de diversas séries que compõem a frota da Companhia. 

Desde a aquisição dos primeiros simuladores, a CPTM já formou 315 novos maquinistas em mais de 12.600 horas de treinamento. Só neste ano, de janeiro a agosto, 805 profissionais formados fizeram curso de atualização e capacitação, totalizando 2.800 horas de treinamento nos simuladores. 
Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +