Notícias

Voltar para Notícias Prestação de Serviços | 29/01/2016 17:04:40

 

​​Programe um passeio para Paranapiacaba, Jundiaí ou Mogi das Cruzes com o Expresso Turístico da CPTM para aproveitar o fim das férias​

 Consulte as novas tarifas do serviço, em vigor a partir do dia 1º de fevereiro

Uma boa opção para curtir as últimas semanas de férias com a família é fazer um passeio de trem até Jundiaí ou Paranapiacaba. Mas não em um trem comum. O passeio programado vale para o Expresso Turístico da CPTM, uma locomotiva restaurada, com poltronas almofadadas, como nas antigas viagens de trem de longo percurso.

O Expresso vai para Jundiaí aos sábados, partindo da Estação da Luz às 8h30, e retorna às 16h30 (horário de saída do local). Aos domingos, o destino é Paranapiacaba, também no mesmo horário. Os dois locais oferecem diversas atrações turísticas para aproveitar o dia.  Para Mogi das Cruzes, o passeio é realizado no segundo sábado de cada mês, com partida às 8h30 da Estação da Luz e retorno às 16h30 na Estação Mogi das Cruzes.
 Os que planejam conhecer a Vila de Paranapiacaba, ainda há vagas para os dias 21 e 28 de fevereiro. Para garantir a viagem, é recomendado adquirir os bilhetes antecipadamente.
 O passeio é feito a bordo de um trem, composto por uma locomotiva da CPTM e dois carros fabricados no Brasil na década de 60, com monitores a bordo dando informações históricas sobre a ferrovia.
 
Nova tarifa
A partir do dia 1º de fevereiro, a tarifa unitária do Expresso Turístico passará para R$ 45,00. Para quem compra mais de uma passagem, a CPTM oferece preços diferenciados:
2 bilhetes: R$ 75,00
3 bilhetes: R$ 105,00
4 bilhetes: R$ 135,00.
O bilhete é vendido das 6h às 18h30, todos os dias, na bilheteria da Estação da Luz, localizada no acesso à Pinacoteca.
O bilhete da CPTM contempla somente a viagem de trem até um dos destinos. Roteiros complementares, que são de responsabilidade dos operadores de turismo regionais, devem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo.

Atrações Turísticas

Jundiaí: a cidade conta com diversas atrações turísticas, como, por exemplo, o Museu da Companhia Paulista, que apresenta a história das ferrovias da região de Jundiaí. Lá também é possível aproveitar realizar trilhas e caminhadas na Serra do Japi, que tem 354 quilômetros quadrados de área e é uma das poucas regiões remanescentes da Mata Atlântica. Há também o chamado “circuito das frutas”, roteiro que proporciona uma imersão pelas fazendas da região produtoras de uva, caqui, morango, entre outras frutas.
Paranapiacaba: uma vila histórica, que mostra detalhes sobre o desenvolvimento da ferrovia no Brasil. Há passeios de Maria Fumaça pelo circuito cultural (Vila Inglesa ou Nos Trilhos da SPR), além de roteiros histórico/ambiental (Expresso Paranapiacaba) e ecológico, nas trilhas da Serra do Mar ou Nascentes do Rio Grande.
Mogi das Cruzes: Integrante do Cinturão Verde de São Paulo, atualmente Mogi é conhecida como centro produtor de flores, com destaque para as orquídeas, herança da forte presença japonesa na cidade na primeira metade do século 20. Além do Circuito das Flores, a cidade oferece inúmeras atrações turísticas, com roteiros rurais, culturais e ecoculturais.
Tags  


Notícias relacionadas

Mais notícias +