política de lgpd

De forma simples, a LGPD regula o que entidades públicas e privadas podem fazer com nossas informações pessoais, bem como estabelece sanções em caso de descumprimento.

A lei entende por “dados pessoais” qualquer informação relacionada à pessoa natural identificada ou identificável. Sendo mais específico, podemos dizer que: dados cadastrais, data de nascimento, profissão, dados de localização GPS, identificadores eletrônicos, nacionalidade, gostos, interesses e hábitos de consumo, entre outros, se enquadram como dados pessoais.

A Lei contempla, também, os chamados dados pessoais sensíveis que se constituem por: dados pessoais de origem racial ou étnica; convicção religiosa; opinião política; filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político; dado referente à saúde ou à vida sexual; dado genético ou biométrico quando vinculado a uma pessoa natural. 

Conheça a Política de Proteção de Dados Pessoais da CPTM*.

Se quiser saber mais a respeito da LGPD no setor de Transportes, acesse também o Guia de Boas Práticas de Proteção de Dados elaborado pela CNT - Confederação Nacional dos Transportes.


* A CPTM poderá alterar a sua política a qualquer momento, com ou sem notificação, e você terá acesso a estas alterações à medida que acessar o site.